É foda demais
Somos brasileiros e formados por uma mistura cultural que resulta em uma explosão sensorial fantástica. Acompanhe por aqui nosso manifesto de amor à música brasileira. Produzimos 5 vídeos de artistas pra lá de especiais, que captam essa essência do derretimento que é o Brasil. Siga essa pilha boa nessa página.
Junio Barreto por Tric Tric

 

// Perguntas para UM PERFIL NADA FAKE // Por Carlinhos Carneiro  // Crooner // Escritor //

Os artistas TricTric foram expostos ao Infalível Método Só Mascarenhas de Reconhecimento da Alma Humana com 3 Perguntas, desenvolvido para sacar qualé a das pessoas envolvidas nas mais diversas atividades, mundanas e espirituais, e geralmente colocado em prática sem nenhum propósito maior, além do mero small talking during dinners. Lhes foi pedido que respondessem às próximas 3 (três) perguntas sem pensar muito, deixando as palavras fluírem como um iceberg derretido pelo aquecimento global boiando em um oceano estranho e distante de seu lar - antes, portanto, dele perceber-se um pedaço de gelo sem lar (mar):

CC: Qual a cor mais linda para se usar em um dia péssimo?
Junio: Qualquer cor viva, que alegre o mundo! 

CC: Que tipo de gente você gostaria de ter ao seu redor em uma balsa para o Paraíso (existem inúmeras cidades, bairros, prédios, bares, lojas, puteiros ou lan houses chamados Paraíso por aí. Escolha o seu e responda a pergunta pensando nele, belê?!)
Junio: Gente verdadeira, sem preconceitos, que gostam de viver no intenso e que amam a vida.

CC: O que cantam as vozes que moram na sua cabeça?
Junio: Cantam os sons do silêncio e os que na beleza interferem  melodicamente  os sons da natureza.

Então, quem é Junio Barreto?! Só Mascarenhas conclui:
Caruaru há de festejar esse ser tão seu, sua voz grave, suas palavras bonitas e seu coloquial todo perfumado pra se exibir pras visitas. Junio Barreto cosmopolita, antena captando um samba com a batida programada por um coração aflito e transmitindo uma rede de brinquedos de montar, cheia de polissilábicos diminutivos que se refestalam entre o sempre e o daqui a pouco. Compositor de destaque entre brilhantes conterrâneos de diferentes gerações, Junio é um elo perdido de finésse entre Nação Zumbi, Mombojó, Otto, Eddie, Mundo Livre S/A. E o segredo ele mesmo entrega: fazer música essencialmente brasileira, amá-la e respeitá-la como às vezes pareceu que ia ser proibido fazê-lo, e jogar-se nisso com poesia e suavidade. Sim, a música brasileira é foda demais!

Sua carreira ganhou a capital emprediarada que junta o Brasil todo numa reunião de negócios só, suas canções foram parar na ponta da língua das mais importantes cantoras do Brasil - Gal Costa, Céu, Maria Rita, Vanessa da Mata, entre outras -, sua elegância e malícia sutil, com cadência madura e bucolismo urban friendly, tomaram de assalto o imaginário ébrio dos homens na madrugada, tanto quando querem desculpa pra farrear como quando querem um versinho para citar antes de dormir. E o Brasil que a música de Junio Barreto filtrou em ilustrações encadeadas é um bróder com sorriso cativante, camisa leve e a cabeça cheia de arabescos e pepinos inevitáveis apaixonado por uma morena de vestido florido e cabelo solto. A paixão brasileira é foda demais!

Conheça mais do som deste monstro das regras de ouro em soundcloud.com/juniobarretomusica 
ou escute aqui em baixo: 

 

O vídeo Junio Barreto por TricTric, assim como todos os videos que estão por vir, teve uma equipe muito bacana por trás, dando suor e felicidade. Trata-se desse pessoal aqui, ó:

Produtora // HARD site / facebook / vimeo )
Direção // Gustavo Vargas
Direção de Fotografia // Gustavo Vargas + Rafael Avancini
Direção de Arte e Design // Leo Lage ( site )
Direção Executiva // Simone Beckel
Montagem // Gustavo Vargas
Colorização e Motion Graphics // Rod Cauhi
Trilha // Junio Barreto ( soundcloud )
Estúdio // HARDHouse ( site / facebook / vimeo )

E só mais um detalhe: Gustavo Vargas também é responsável pelos cliques belíssimos dos músicos. Sinistro, né?